Todos os escritores contemplados com o Prêmio Nobel de Literatura

Todos os escritores contemplados com o Prêmio Nobel de Literatura

O Prêmio Nobel de Literatura começou a ser concedido em 1901 e, até hoje, já contemplou 113 escritores do ramo da poesia, prosa, romance, drama e até filosofia. 113 porque não rolou Nobel em 1914, 1918, 1935 e de 1940 a 43 - tudo por culpa das estrelas Grandes Guerras. Já em 1904, 1917, 1966 e 1974 foram dois premiados simultâneos.

É a Academia Sueca quem escolhe o agraciado de cada ano (clique aqui para ver a formação atual da instituição) baseada em quem tenha produzido "o mais magnífico trabalho em uma direção ideal". É avaliada toda a obra do autor, não uma em particular.

O Nobel está longe de ser um consenso: criadores dos maiores clássicos do século XX, como Proust, Pessoa, Kafka, Joyce e Guimarães Rosa (por que não?), foram preteridos em relação a outros bem menos importantes hoje em dia. Mas, de qualquer maneira, é o prêmio de literatura mais reconhecido internacionalmente.

Ah, ao fazer o álbum abaixo, tive dificuldade para determinar a nacionalidade de alguns escritores, pois muitos deles viveram em vários países. O critério que usei foi meio... aleatório. Por exemplo, Camus deixou sua terra natal, a Argélia, muito cedo, mas sua mãe era argelina e seu principal romance, O Estrangeiro, se passa no país africano. Considerei ele argelino. Se você discordar de mim, não tem problema, é só explicar por que no final do post.

Chega de papo, eis aqui a nata da literatura mundial.

*atualizado em 13/10/2016

Álbum

1901 - Sully Prudhomme (França)1902 - Theodor Mommsen (Alemanha)1903 - Bjørnstjerne Bjørnson (Noruega)1904 - Frédéric Mistral (França) e José Echegaray y Eizaguirre (Espanha)1905 - Henryk Sienkiewicz (Polônia)1906 - Giosuè Carducci (Itália) 1907 - Rudyard Kipling (Inglaterra)1908 - Rudolf Christoph Eucken (Alemanha)1909 - Selma Ottilia Lovisa Lagerlöf (Suécia)1910 - Paul Heyse (Alemanha)1911 - Maurice Maeterlinck (Bélgica)1912 - Gerhart Hauptmann (Alemanha)1913 - Rabindranath Tagore (Índia)1915 - Romain Rolland (França)1916 - Verner von Heidenstam (Suécia)1917 - Karl Gjellerup e Henrik Pontoppidan (ambos da Dinamarca)1919 - Carl Spitteler (Suíça)1920 - Knut Hamsun (Noruega)1921 - Anatole France (França)1922 - Jacinto Benavente (Espanha)1923 - William Butler Yeats (Irlanda)1924 - Wladyslaw Reymont (Polônia)1925 - George Bernard Shawn (Irlanda)1926 - Grazia Deledda (Itália)1927 - Henri Bergson (França)1928 - Sigrid Undset (Noruega)1929 - Thomas Mann (Alemanha)1930 - Sinclair Lewis (Estados Unidos)1931 - Erik Axel Karlfeldt (Suécia)1932 - John Galsworthy (Reino Unido)1933 - Ivan Alekseyevich Bunin (Rússia)1934 - Luigi Pirandello (Itália)1936 - Eugene Gladstone O'Neill (Estados Unidos)1937 - Roger Martin du Gard (França)1938 - Pearl Buck (Estados Unidos)1939 - Frans Eemil Sillanpää (Finlândia)1944 - Johannes V. Jensen (Dinamarca)1945 - Gabriela Mistral (Chile)1946 - Hermann Hesse (Alemanha)1947 - André Gide (França)1948 - T.S. Eliot (Estados Unidos)1949 - William Faulkner (Estados Unidos)1950 - Bertrand Russell (Reino Unido)1951 - Pär Fabian Lagerkvist (Suécia)1952 - François Mauriac (França)1953 - Winston Churchill (Reino Unido)1954 - Ernest Hemingway (Estados Unidos)1955 - Halldór Laxness (Islândia)1956 - Juan Ramón Jiménez (Espanha)1957 - Albert Camus (Argélia)1958 - Boris Pasternak (Rússia)1959 - Salvatore Quasimodo (Itália)1960 - Saint-John Perse (França)1961 - Ivo Andric (Bósnia e Herzegovina)1962 - John Steinbeck (Estados Unidos)1963 - Giorgos Seferis (Grécia)1964 - Jean-Paul Sartre (França)1965 - Mikhail Sholokhov (Rússia)1966 - Shmuel Agnon (Israel) e Nelly Sachs (Alemanha)1967 - Miguel Angel Asturias (Guatemala)1968 - Yasunari Kawabata (Japão)1969 - Samuel Beckett (Irlanda)1970 - Alexandr Solzhenitsyn (Rússia)1971 - Pablo Neruda (Chile)1972 - Heinrich Böll (Alemanha)1973 - Patrick White (Austrália)1974 - Eyvind Johnson e Harry Martinson (Suécia)1975 - Eugenio Montale (Itália)1976 - Saul Bellow (Canadá)1977 - Vicente Aleixandre (Espanha)1978 - Isaac Bashevis Singer (Polônia)1979 - Odysseus Elytis (Grécia)1980 - Czeslaw Milosz (Polônia)1981 - Elias Canetti (Bulgária)1982 - Gabriel García Márquez (Colômbia)1983 - William Golding (Reino Unido)1984 - Jaroslav Seifert (República Tcheca)1985 - Claude Simon (França)1986 - Wole Soyinka (Nigéria)1987 - Joseph Brodsky (Rússia)1988 - Naguib Mahfouz (Egito) 1989 - Camilo José Cela (Espanha)1990 - Octavio Paz (México)1991 - Nadine Gordimer (África do Sul)1992 - Derek Walcott (Santa Lúcia)1993 - Toni Morrison (Estados Unidos)1994 - Kenzaburo Oe (Japão)1995 - Seamus Heaney (Irlanda)1996 - Wislawa Szymborska (Polônia)1997 - Dario Fo (Itália)1998 - José Saramago (Portugal)1999 - Günter Grass (Alemanha)2000 - Gao Xingjian (China)2001 - V. S. Naipaul (Trinidad e Tobago)2002 - Imre Kertész (Hungria)2003 - John M. Coetzee (África do Sul)2004 - Elfriede Jelinek (Áustria)2005 - Harold Pinter (Reino Unido) 2006 - Orhan Pamuk (Turquia)2007 - Doris Lessing (Irã)2008 - Jean-Marie Gustave Le Clézio (França)2009 - Herta Müller (Romênia)2010 - Mario Vargas Llosa (Peru)2011 - Tomas Tranströmer (Suécia)2012 - Mo Yan (China) 2013 - Alice Munro (Canadá)2014 - Patrick Modiano (França)2015 - Svetlana Alexievich (Bielorrússia)2016 - Bob Dylan (Estados Unidos)

Livros relacionados

Neve
O Compromisso
A Náusea
Vozes de Tchernóbil
Esperando Godot

Posts relacionados

Os 100 livros mais inspiradores de todos os tempos (segundo usuários do Facebook)
100 livros mais importantes da literatura mundial, segundo a Revista Bravo
A gente lê: O Compromisso + frases de Herta Müller
Aos 92 anos, Lygia Fagundes Telles é indicada ao Nobel da Literatura <3
Todo mundo foi bebê: fotos de alguns escritores quando jovens
Rotina dos escritores: a hora de acordar de 20 grandes literatos
A gente lê + Frases de Sartre em A Náusea
Frases de Svetlana Aleksiévitch na FLIP 2016
Duas frases de Samuel Beckett em Esperando Godot
Frases de Alice Munro em Vida Querida
Nobel de Literatura - Conheça os vencedores e curiosidades
Os favoritos para o Nobel de Literatura 2016

Siga o Shereland

Comentários

Deixe um comentário

http://

Nenhum comentário. Seja o primeiro!