Por que preferi ver o filme do que ler Insurgente?

Por que preferi ver o filme do que ler Insurgente?

Adaptações de obras para o cinema sempre são polêmicas e é inegável que muito conteúdo se perde ou muda o sentido. Mas no caso do filme da sequência de Divergente, acho que eu preferi as telonas porque cortou toda a parte chata do livro. Mesmo mudando coisas importantes da trama. 

Por que ler:

- Outras facções

O mundo é bem melhor explorado e você pode entender mais das outras facções para escrever melhores fanfics... quero dizer, para complementar sua leitura.

- Ação

Inegável que a sequência de Divergente tem menos calmaria e é bem dinâmico. Bastante ação, tiro, correria. Ganhou pontos.

- História envolvente

Como tem um mistério pendente desde o primeiro, é neste que você quer saber de uma vez por todas por que aquele monte de coisa aconteceu na Abnegação. O livro 2 é o climax da história (e vou dizer por que depois na resenha de Convergente).

- Soros e simulação

Continua sendo muito legal essa ideia de ter soros para controlar as pessoas. Seja o da verdade ou o soro utilizado pelo pessoal da Amizade. Pelo conceito vale ler para imaginar como você se sairia nessa.

Por que ficar longe do livro:

- MUITAS mortes

Verônica Roth se empolgou nesse livro e resolveu matar pessoas em uma roleta russa. O problema é que elas pouco tem importância e não têm uma morte muito épica. É geralmente assim:

"Oi, sou Ana, da Audácia"

"Ana era linda, tinha cabelo ruivo. Nós corremos juntas"

10 páginas depois

"Ana levou um tiro e eu quis ficar para ajudar, mas ela me mandou seguir"

- Personagens fracos

"Quem é você mesmo?". É muito difícil lembrar os nomes dos personagens que se foram e mesmo os pobres-coitados que sobreviveram ao primeiro livro, agora começam a mostrar que só estão seguindo a maré da história, mas nenhum tem uma personalidade de fato. Para compensar as mortes anteriores, a autora simplesmente agrupa personalidades dos falecidos em novos personagens.

- Tris muito chata

Como um relacionamento normal, o encanto inicial e romantismo do primeiro livro vira uma D.R. desenfreada. Fiquei um pouco impressionada com o próprio Tobias dando uma de criatura de 13 anos e dando piti digno de vergonha alheia em alguns momentos. 

- Protagonista sem noção

Você tem uma facção inteira com armas e preparo ao seu lado e o vilão diz que quer que alguém se entregue ou vai matar as pessoas. Você:

1) arma uma emboscada com seu time, mesmo fingindo que se entregou
2) apenas dá um jeito de parar as mortes, como, por exemplo, vigília
3) negocia com o vilão
4) se entrega de peito aberto, sem ter noção do que ele quer com você ou se ele realmente vai parar de matar os outros e não avisa ninguém do seu grupo só pra atrapalhar todo mundo e mostrar como você é imatura?

Pois é.

Posts relacionados

Ueba! Espie as filmagens do último filme da série Jogos Vorazes
10 razões para ler Divergente (e por que a trilogia não é uma cópia de Jogos Vorazes)
Por que não gostei de Convergente, o final da trilogia de Divergente

Siga o Shereland

Comentários

Deixe um comentário

http://

Nenhum comentário. Seja o primeiro!