A gente lê: O Quinze

A gente lê: O Quinze

o-quinze.jpg

Quem aqui se sente em dívida com a literatura nacional? Nem me fale... A essa altura, e eu nunca tinha lido Rachel de Queiroz!

Então, resolvi começar logo com o primeiro e mais famoso da autora: O Quinze. Lançado em 1930, o texto foi considerado tão excelente e atual, que os críticos colocaram em dúvida o fato da escritora ser uma mulher. Dá para acreditar?

Bom, puxando o que eu havia aprendido no colégio, eu sabia que Rachel pertencia à segunda fase do Modernismo, quando o romance sertanejo era o "new black" entre os autores nacionais. E aí, como já esperado, o duelo homem x terra é o tema principal de O Quinze.

Está acontecendo a grande seca de 1915, e Rachel vai nos mostrar como três núcleos de personagens cearenses vão se virar para sobreviver enquanto a chuva não vem.

Temos Ceição, uma professora que retorna ao interior para convencer a avó a partir para a cidade. Para mim, Ceição é a mais surpreendente da obra, porque ela é extremamente prafrentex e chega a ter um discurso feminista antes mesmo do movimento existir! 

Sua história está atrelada à do primo Vicente, que eu considero o principal do segundo núcleo. Representante da força, esse moço tem uma determinação incansável e vai se matar para manter seu gado vivo durante os meses de perrengue.

Finalmente, temos o sertanejo Chico Bento que, desempregado, parte com a esposa e os incontáveis filhos a pé rumo à Amazônia. São os trechos mais angustiantes do livro.

O livro tem crítica social, tem realidade, mas eu entendo que o leitor atual - que já deve ter cansado de assistir a filmes, seriados e novelas com essa temática - não vai encontrar grandes novidades. Mas ainda assim eu realmente acho que vocês devem fazer um esforcinho e conhecer essa que já foi relacionada como uma das cem maiores obras da literatura brasileira pela ex-revista Bravo. 

Vamos lá, gente, são só 150 páginas, não vai custar nada :)

Cadastre-se no Shereland e coloque O Quinze na sua lista de livros para ler.

Livros relacionados

O Quinze

Posts relacionados

Os 10 escritores mais admirados do Brasil
A discussão ao vivo de Rachel de Queiroz e Caio Fernando Abreu
Frases de Rachel de Queiroz no Roda Viva

Siga o Shereland

Comentários

Deixe um comentário

http://

Nenhum comentário. Seja o primeiro!