A gente lê + Frases de Umberto Eco em Número Zero

A gente lê + Frases de Umberto Eco em Número Zero

Número Zero foi o último livro publicado em vida por Umberto Eco, italiano morto em fevereiro de 2016 que, além de escritor de sucesso (você já deve ter ouvido falar na sua obra mais famosa, Em Nome da Rosa), era jornalista, ensaísta, filósofo, medievalista e muito mais. 

Nessa história curtinha (a edição brasileira de Número Zero tem 140 páginas), Eco fala sobre um grupo que ~ na teoria ~ vai lançar um jornal financiado por um ricão. No entanto, para definir a linha do periódico, o editor propõe que a redação, toda formada por jornalistas frustrados, trabalhe em um piloto - o tal do número zero.

Para mim, as divertidíssimas reuniões de pauta foram o ponto alto da obra, pois trazem um editor inescrupuloso ensinando como se fabricar notícias e manipular os leitores -  bem, nada do que não aconteça na vida real. Tanto que, em entrevista para a GloboNews (disponibilizada no fim desse post), o autor contou que Número Zero foi o romance que levou menos tempo para escrever - apenas um ano -, pois muito do que está lá são experiências pessoais da época em que ele trabalhava em jornais.

Outro tema que ocupa grande parte da trama é uma teoria da conspiração acerca da (não) morte de Mussolini. Um dos personagens do jornal acredita que o ditador se mandou pra Argentina (sempre ela) após a Segunda Guerra Mundial, e aí ele gasta páginas e páginas falando sobre pessoas e fatos que eu, desalinhada com a história italiana, li de uma forma bem aborrecida.

Ah, uma curiosidade: todos os personagens fictícios têm nomes de fontes do Windows: Maia, Colonna, Braggadocio etc.

Agora fiquem com as frases de Umberto Eco que selecionei durante minha leitura:

"- Vocês jovens, vocês jovens querem logo se atirar aos contemporâneos."

"E quem vive cultivando esperanças impossíveis já é um perdedor. E, quando percebe isso, aí sim se entrega."


"Os perdedores, assim como os autodidatas, sempre têm conhecimentos mais vastos que os vencedores, e quem quiser vencer deverá saber uma única coisa e não perder tempo sabendo todas, o prazer da erudição é reservado aos perdedores. Quanto mais coisas uma pessoas sabe, menos coisas deram certo para ela."

"Vivemos na mentira e, se você sabe que lhes estão mentindo, precisa viver desconfiado."

"Não são as notícias que fazem o jornal, e sim o jornal que faz as notícias."

"Mas sabe quando foi que comecei a ser mesmo um perdedor? Quando comecei a achar que sou um perdedor. Se não tivesse ficado ruminando isso, teria vencido pelo menos uma mão."

"Não há sucesso maior que o encontro agradável entre dois fracassos."

"porque quem não tem recordações na memória as toma da arte."

"A questão é que os jornais não são feitos para divulgar, mas para encobrir as notícias."

"A vida é suportável, basta contentar-se."

Siga o Shereland

Comentários

Deixe um comentário

http://

Nenhum comentário. Seja o primeiro!