A gente lê: Feliz Ano Velho

A gente lê: Feliz Ano Velho

Feliz Ano Velho é uma biografia de Marcelo Rubens Paiva. Esse homem abaixo:

Já deu pra perceber que ele é cadeirante, mas nem sempre foi, e é aí que surge a história.

Tudo começa com um jovem, universitário, curtindo a vida loucamente. De repente, ele exagera e acaba fazendo uma besteira (não vou dar spoiler de como foi), que muda bastante sua vida. Fico com medo de falar totalmente, pois ele tinha uma vida bem boêmia com os amigos, e ouvi histórias de que ele ainda continua se divertindo bem. Mas não é exatamente esse o foco do livro.

A narração acontece basicamente durante o acidente e a recuperação. Conta como aconteceu, o impacto de não mexer os membros, estar por meses no hospital, o medo de não se recuperar, suicídio, melhorar, amigos, política (ele era filho de político), um monte de coisa. E nesse monte de coisa que ele expande a história, relembrando mais outras histórias passadas.

Sim, é bastante coisa. Mas não achei a história nada cansativa. Não é um texto repetitivo chato. Ele consegue te fazer empatizar com a situação do autor. Dos problemas dos cadeirantes, e ainda coloca muita história engraçada no meio. Algo que achei super legal, é que ele mesmo quem narra, e de uma forma bem desbocada, ou seja, você vai encontrar bastante besteira nesse livro.

Gostei bastante. A sugestão de leitura veio da Gabriela, que viu esse livro aqui do armário de casa (é bem antigo, provavelmente dos meus pais). Quem quiser, só pedir emprestado. É um que recomendo.

Livros relacionados

Feliz Ano Velho
Ainda Estou Aqui

Posts relacionados

A gente lê: Ainda Estou Aqui, de Marcelo Rubens Paiva

Siga o Shereland

Comentários

Deixe um comentário

http://

Nenhum comentário. Seja o primeiro!