A gente lê: Bilionários por Acaso

A gente lê: Bilionários por Acaso

O livro da vez foi Bilionários por Acaso, de Ben Mezrich, que quis ler ler logo depois de ter concluído Startup Enxuta de Eric Ries.

Confesso que me animei principalmente pelo preço (R$5,00, em uma das promoções da Bienal desse ano), mas tinha vontade de conhecer um pouco mais da história. Vai que aprendo um pouco mais sobre startups, e posso aplicar algo aqui no Shereland? :)

Para quem não conhece muito, os personagens do livro são Mark Zuckerberg (sócio fundador do Facebook e quem teve a ideia) e Ricardo Saverin (sócio fundador também, brasileiro e que investiu seu dinheiro desde o começo).

Mas falando um pouco da história, ela não foge muito do que foi contado no filme A Rede Social. Mostra um pouco dos bastidores, também Mark conhecendo o Ricardo Saverin, e a vinda da ideia e o começo cheio de pegada para fazer o Facebook ser um sucesso.

O livro começa nos primeiros anos de Harvard, mostrando o lado de Eduardo Saverin (um dos fundadores) ao se integrar na faculdade. Ele pretende fazer parte dos clubes finais de Harvard (a Phoenix), e no meio da festa acaba conhecendo Mark. Eles voltam juntos, e Eduardo conhece um pouco mais de Mark. Mark já era um pouco conhecido (pelo menos por Eduardo) por ter recusado uma oferta bem tentadora (mas bem TENTADORA mesmo) da Microsoft. Essa parte passa de lado no filme, mas o autor do livro se aprofunda mais ao explicar como essas casas funcionam, a sua importância e tradição.

Depois disso, estamos praticamente vendo o filme. Temos a parte de genialidade do fundador em sua ideia (o que há quem acredite que tenha sido cópia da ideia do gêmeos Winklevoss, e acabou ficando com o crédito praticamente sozinho), o trabalho duro que eles fizeram, a pegada de correria e briga para o sucesso e as intrigas entre o pessoal presente. 

Sobre a ideia, a meu ver, parece ter havido uma certa adaptação da ideia deles (embora existissem outras parecidas na época, como o próprio autor mostra). Ressalto que não há depoimentos de Mark Zuckerberg. O autor busca a história com diversas pessoas, e aparentemente há bastante ajuda de Eduardo Saverin.

Sobre o aprendizado sobre startups, não é o foco (sim, já era um pouco esperado), mas a história dá uma boa motivada.

Interessados em ler? Me adicione no Shereland e é só pedir :) 
Dei uma olhada rápida, e vocês irão pagar uns R$20 se comprar.

E para quem ficou curioso sobre o filme A Rede Social, segue o trailer:

Siga o Shereland

Comentários

Deixe um comentário

http://

Nenhum comentário. Seja o primeiro!