Dicas para você aproveitar a Festa do Livro da USP gastando o menos possível

Dicas para você aproveitar a Festa do Livro da USP gastando o menos possível

Chegou o evento mais esperado do ano para mim: a Festa do Livro da USP, que vai rolar nos dias 9, 10 e 11 de dezembro, das 9h às 21, na Cidade Universitária (o local exato já mudou algumas vezes, melhor acompanhar as reviravoltas no site oficial).

Quem já foi sabe por que estou tão empolgada: as principais editoras do país disponibilizam parte de seu catálogo de livros com no mínimo 50% de desconto. Isso mesmo! Dificilmente você vai achar obras legais tão baratas - nem na Black Friday. Acontece que é por esse mesmo motivo que periga a gente extrapolar e sair da USP falido e cheio de coisa que nunca vai ser lida.

No ano passado, eu comprei dez livros - alguns eu acertei, outros fiz besteira. Desde então, vim me preparando para fazer escolhas mais conscientes desta vez. Ah, a maioria das dicas vale para qualquer promoção ou evento literário ;)

1. Liste desde já os livros que quer ler

Em qualquer promoção, a pior besteira que você pode cometer contra o seu bolso é o tal do "vou dar uma olhadinha pra ver o que tem de bom". Explico melhor: se você resolver xeretar cada exemplar de cada editora, vai sair comprando até um dicionário de aramaico de capa dura. Por isso, anote tudo o que realmente quer ler nos próximos meses. Também é bom verificar se, dessa wishlist, não tem obras que dá para pegar emprestadas dos amigos ou da biblioteca.

2. Procure a relação das obras que estarão à venda

Mais ou menos na semana do evento, as editoras participantes começam a soltar em seus sites um listão dos livros que vão estar disponíveis em seus estandes e os respectivos preços. Dessa forma, você consegue prever o que vai encontrar e quanto vai gastar.

3. Faça uma pesquisa prévia de preços na internet

Acreditem, mas eu vi títulos mais baratos nesses sites da vida do que na feirinha. É por isso que existem Buscapé e afins, pra gente não dar bobeira.

4. Chegando na USP, saiba onde estão localizadas as editoras que você vai visitar

Quanto mais você rodar, mais tentações vai sofrer. Então, quando chegar na feira, pegue o mapa que eles disponibilizam, localize onde estão os estandes das editoras-chaves e vai na fé.

5. Reserve apenas algumas horas, e não um dia pra ficar no evento

No ano passado, cheguei na Cidade Universitária com pouco mais de uma hora para o encerramento. Foi a melhor coisa que eu fiz, porque, tivesse mais cinco minutos de feira, certamente teria comprado mais.

6. Confira o preço das suas compras

Gente, a feirinha fica lotada de gente, com vendedores se virando para atender todo mundo ao mesmo tempo - às vezes fazendo contas a mão. Ambiente bem propício para erros de cálculo. Ano passado só fui perceber que tinha pagado a mais no estande da Record quando cheguei em casa :/

É isso! Espero que vocês aproveitem e gastem pouco!

Siga o Shereland

Comentários

Deixe um comentário

http://

Nenhum comentário. Seja o primeiro!