Junky

Junky

Ano de publicação

1949

Autor

William S. Burroughs

Por que ler

#leiturasimples #cansativo #autobiografia

Sugestões

Em Junky, Burroughs, talvez o mais junky dos escritores beatniks, conta como se viciou em drogas pesadas.
Em um ritmo acelerado (e, na minha opinião, humorado), o autor revela suas doses, a evolução do vício e o que é ser um viciado, apesar de escapar dos detalhes mais curiosos de sua biografia (como o assassinato da esposa ou a homossexualidade).
Por Gabriela

Posts relacionados

A gente lê: Junky
Turismo literário: os points de Kerouac e outros escritores beats em Nova York
7 filmes sobre literatura disponíveis no Netflix