Turismo literário: os points de Kerouac e outros escritores beats em Nova York

Turismo literário: os points de Kerouac e outros escritores beats em Nova York

Está bem, a famosa leitura de poemas na Six Gallery, que tornou o movimento beat conhecido nacionalmente em 1953, rolou em São Francisco. Nesta cidade também ficava a City Lights, editora que publicou a maioria dos escritores. No entanto, muito antes de tudo isso, era em Nova York que flanavam os primeiros e reais integrantes do grupo: Jack Kerouac, William S. Burroughs, Joan Vollmer, Gregory Corso, Herbert Huncke, Carl Solomon e Allen Ginsberg (lista foi fechada pelo próprio Ginsberg, não me venha com contestações).

Baseada na leitura de Kerouac- King of Beats, listo os nove pontos de encontro fundamentais dos ídolos:

Universidade Columbia

Localização: 116th St & Broadway - É possível fazer visitações


A geração beat só existe por causa dessa instituição de ensino. Allen Ginsberg e Lucien Carr se esbarravam nos corredores, e Jack Kerouac tinha bolsa em troca de integrar o time de futebol americano (por pouco tempo, porque abandonou os estudos e o esporte para ser escritor).

Mesmo quem não era matriculado, como William S. Burroughs, ficava rondando os arredores.

Não é o foco, mas vale dizer que também estudaram lá meu querido J.D. Salinger (de O Apanhador no Campo de Centeio) e o presidente Obama. 

West End Bar  

Localização: 113th St & Broadway

Situado pertinho da universidade, era onde os "columbianos" se encontravam para tomar umas e escrever mesmo depois de terem parado de estudar.

Infelizmente, se decidir visitar o lugar, não vai conseguir visualizá-lo tal como era nessa foto antiga, pois o bar virou um restaurante cubano em 2006. Hoje em dia, é uma cervejaria bacanuda chamada Bernheim & Schwartz Restaurant and Hall.
 

421 W. 118th Street 

No quarto andar deste apartamento, viviam as garotas beatniks de raíz Edie Parker e Joan Vollmer. Foi onde os três gênios, Kerouac, Ginsberg e Burroughs, realmente se conheceram e passaram altas madrugadas bebendo e conversando.

Mais tarde, Edie se tornaria a primeira esposa de Keroauc. Já Joan casou-se com o assumidamente homossexual Burroughs e, em 1951, levou um tiro acidental do marido bêbado.

Ozone Park, no Queens

Localização: 133-01, Cross Bay Boulevard

Em 1943, a família de Keroauc deixou a pequena Lowell, em Massachussets, para tentar a sorte no Queens. Foi nesta casa que o gênio viu o pai morrer de câncer. Tanto essa passagem dramática quanto reflexões sobre a transição da vida no interior para a na metrópole estão brilhantemente contadas em Cidade Pequena, Cidade Grande, o primeiro romance de Keroauc.

Riverside Park

Localização: altura de 115 th St e Riverside Drive

Neste parque, Lucien Carr assassinou o "amigo" David Kammerer. Para quem não conhece a história, vale refrescar: Kammerer era um cara mais velho e totalmente obcecado pelo galã Carr. Era um relacionamento estranho, porque, ao mesmo tempo em que Carr se sentia incomodado pelas investidas do pretendente, este não deixava de ser uma companhia e uma proteção.

Em uma noite de agosto de 1944, a dupla saiu do West End Bar, que citei nos itens acima, para andar nas margens gramadas do Riverside Park. Kammerer tentou ficar com Carr que, no susto, deu duas punhaladas no peito do amigo com um canivete.Para se livrar das provas, o garoto jogou Kammerer no Rio Hudson, mas o corpo ficou boiando, sendo facilmente encontrado depois. No dia seguinte, sem dormir, Carr ainda teria feito uma visita ao Moma (Museu de Arte Moderna, na 11 W 53rd St) com Keroauc antes de tudo ser descoberto pela polícia.

Se quiser saber mais sobre esse emocionante caso, leia E Os Hipopótamos Foram Cozidos em seus Tanques.

Times Square

Quem vê essa rua iluminada e abarrotada de turistas insanos nem desconfia que ali era ponto de encontro dos barra pesadas na década de 1940. Burroughs e Herbert Huncke chegaram a fazer assalto a mão armada na Times Square, dá pra crer? 

Ponte do Brooklyn

Os amigos gostavam de atravessar a ponte andando durante a noite. Segundo o biógrafo Barry Milles, foi ali que Kerouac e Ginsberg teriam tido um contato mais íntimo pela primeira vez (se é que você me entende).

Minton's Playhouse

Localização: 206 West 118th St Site: http://www.mintonsharlem.com/

Casa tradicionalíssima de jazz localizada no Harlem onde Keroauc fumou maconha pela primeira vez. O autor costumava dizer que sua maneira de escrever vinha da batida rápida desse estilo musical.

É a sua chance de tomar uma cerveja e ouvir música em um local que os beats de fato frequentaram, embora o estabelecimento já tenha sido fechado e remodelado diversas vezes.

E 9th Street and 3rd Avenue

Para finalizar, faça um passeio no East Village, onde esse vídeo silencioso de cinco minutos foi filmado em 1959. O restaurante onde Kerouac, Ginsberg, Carr (acompanhado da esposa e dos três filhos) e a fotógrafa Mary Frank (com os filhos) entram, o  Harmony Bar & Restaurant, não existe mais.

Livros relacionados

Anjos da Desolação
On The Road
Junky
Cidade Pequena, Cidade Grande

Siga o Shereland

Comentários

Deixe um comentário

http://

Nenhum comentário. Seja o primeiro!