Esta Valsa É Minha

Esta Valsa É Minha

Ano de publicação

1932

Autor

Zelda Fitzgerald

Por que ler

#cativante #fazpensar #personagenselaborados

Sugestões



Em 1932, Zelda Fitzgerald - sim, a esposa de F. S - estava internada em um sanatório nos Estados Unidos e escreveu em seis semanas seu único livro, Esta Valsa É Minha. É um romance com toques autobiográficos ou uma autobiografia romanceada.
Nele, começaremos a acompanhar a espevitada Alabama desde a infância no sul dos Estados Unidos. Filha de um juiz (assim como Zelda) e de uma dona de casa, a garota arranca suspiros (assim como Zelda) dos oficiais que haviam invadido sua cidade durante a guerra. Um desses moços será David (ou Fitzgerald?), com quem ela se casa e vai viver em NY, onde o cara está começando a fazer sucesso como pintor.


Já vale a pena ler o livro só para acompanhar o casal fictício (e imaginar até que ponto aquilo tudo rolava com o casal real), mas achei que a narrativa pegou fogo mesmo quando, já em crise com o galinhão do marido, Alabama aposta todas as suas fichas para se tornar uma bailarina, momentos que me lembraram Natalie Portman em Cisne Negro.
Por Gabriela

Posts relacionados

A gente lê + Frases de Zelda Fitzgerald em Esta Valsa É Minha