A visita cruel do tempo

A visita cruel do tempo

Ano de publicação

2011

Autor

Jennifer Egan

Por que ler

#personagenselaborados #excelente

Por que não ler

#demandaatencao

Sugestões

Há alguns anos, esse livro causou certo burburinho da crítica, tanto que chegou a render o Prêmio Pulitzer de Ficção de 2011 à Jennifer Egan. O 'cult' da escritora já havia passado quando resolvi ler a obra, mas, ainda assim, gostei bastante.

Digamos que cada capítulo foca um dos muitos personagens da história em uma época aleatória da vida. Esse mesmo personagem pode (ou não) aparecer como secundário em outros trechos do livro, mas, ainda assim, a gente começa a entender os rumos que cada um tomou.

Achei essa opção narrativa extremamente criativa, apesar de ter deixado a minha leitura um pouco mais cansativa, porque a descontinuidade exige um esforço maior para se ambientar em cada capítulo.

Acredito que os saltos no tempo podem agradar também os fãs de ficção científica (apesar de, pessoalmente, não considerar esse o gênero do livro).
Por Gabriela